“Á FRENTE DE TODA EMPRESA DE SUCESSO EXISTE SEMPRE UM GRANDE EMPREENDEDOR”

           Plagiando a coordenadora do Empretec no Paraná Rosângela Angonese, que foi muito oportuna com esta colocação, pois também está envolvida com a capacitação de pequenos empresários.

            Atualmente não se pode mais abrir um negócio, qualquer que seja, sem antes fazer um plano de negócio com a viabilidade do mesmo, como também estar qualificado para administrá-lo, tendo o mínimo de conhecimento de contabilidade, administração, marketing e um espírito empreendedor, caso contrario está fadado a perder seu dinheiro e passar por uma frustração sem tamanho.

            Foi-se o tempo em que se precisava apenas de um pouco de dinheiro e um bom “faro”, e o resto andava sozinho, tudo que produzia ou revendia era consumido.

            Ainda temos uma geração de empresários da antiga, que não aceita sugestões, acha que, o que fazia ou vem fazendo a 30 ou mais anos da mesma maneira é o correto, pode até ser, mas o mundo mudou, os clientes estão mudando como também os consumidores; a concorrência é mais acirrada com ofertas de melhores produtos com preços inferiores e uma tecnologia avançada.

            A preocupação com a concorrência é fundamental, precisa-se também verificar qual é a necessidade do mercado, melhorar sempre o visual de seu produto, mesmo que não tenha grandes modificações tecnológicas, mantenha-o como sempre um produto novo no mercado, atrativo e eficiente.

            Conheço empresários obtusos que sempre diziam que a concorrência não os amedrontava e que a qualidade de seus produtos eram as melhores, e suas empresas eram as primeiras do mercado, hoje, estão amargando um segundo ou terceiro lugar no mercado, correndo atrás do prejuízo, e que prejuízo; com essa atitude, eles fortaleceram a concorrência, que ampliou seu mercado, melhorou seus produtos e inteligentemente ocupou o espaço deixado.

            Não se administra mais à moda antiga, quem não se capacitar para os novos modelos de mercado, de tecnologias, de informações, de gestão de negócios, de gestão de pessoas, fazendo com que seus funcionários mais talentosos participem com sugestões e decisões, estará a cada dia perdendo terreno e bons funcionários para as empresas mais empreendedoras e inteligentes.

            Lembrem-se, para um mercado mutável, idade não é experiência, use de sabedoria prática, ouça mais os técnicos e os entendidos do assunto, os que estão diretamente ligados com os clientes ou consumidores, pesquise sobre o que poderá vir substituir seus produtos, quais as tendências de mercado, informe-se, pois nós estamos na era da informação.

            Já pensou em voltar aos bancos da universidade? Em alguns casos isso é necessário, você irá se reciclar, pesquisar, interagir com outros profissionais, trocar experiências, aprender novos métodos de administração, ler livros modernos, conhecer novas idéias colocadas em prática, aprender a ser melhor empreendedor, melhorar sua visão de negócio, saber como administrar pessoas, enfim, verá que vale a pena um pequeno sacrifício que  trará grandes benefícios, tanto para você como para sua empresa.

Autor: Cláudio Raza; consultor, economista, professor Uninove – E-mail:  c.raza@terra.com.br

Tags: , ,

*Postado Por: Claudio Raza

Ainda sem comentários.

Comentários, Dúvidas e Sugestões