O consumidor infantil e o marketing

Anunciantes gastam grandes quantidades para encorajar, persuadir e manipular as pessoas para o consumo.

A publicidade é focada nas inseguranças individuais, cria falsas necessidades e oferece soluções que leva ao consumo e as crianças são particularmente vulneráveis a este tipo de manipulação.
As crianças representam um importante público consumidor para os comerciantes porque elas têm seu poder de compra própria, eles influenciam as decisões de seus pais na compra e eles são os consumidores adultos do futuro.

Gasto com publicidade para crianças tem explodido na última década porque os pais de hoje estão dispostos a comprar mais para seus filhos, a tendência é ter poucos filhos e compensá-los pela ausência dos pais, pois ambos trabalham e dedicam pouco tempo aos filhos.

O público infantil de hoje têm mais autonomia e poder de decisão de compra dentro da família do que em gerações anteriores, motivo pelo qual vemos tanta publicidade voltada à criança e ao adolescente.

Os anunciantes com a ajuda de pesquisadores e psicólogos, têm agora informações valiosas sobre as necessidades de desenvolvimento, emocionais e sociais das crianças em diferentes idades. Usando a pesquisa que analisa o comportamento das crianças criando estratégias de marketing sofisticadas para alcançar esse valioso público.

Muitas empresas estão usando o “buzz marketing”, é o método “boca a boca”, é particularmente bem adequada para a Internet, onde jovens nas salas de bate papo e blogs espalham sobre a música, roupas e outros produtos entre usuários.

A Escola costumava ser um lugar onde as crianças estavam protegidas contra a publicidade e as mensagens de consumo, mas déficits orçamentários estão forçando os conselhos escolares que as empresas tenham acesso aos estudantes em troca de dinheiro, computadores e materiais educativos.

As empresas usam constantemente o poder do ambiente escolar para promover seu nome e produtos. Um ambiente escolar proporciona um público jovem cativo e implica o endosso dos professores e do sistema educacional.

A Internet é outro meio extremamente desejável para os comerciantes que querem divulgar seus produtos, esta geração de jovens tem a internet como rotina de suas vidas.

Aconselhavel seguir algumas regras quanto ao marketing infantil:

Use linguagem adequada à idade, com frases atuais, não fale baixo para as crianças.

Mostre sempre grupos de crianças interagindo
Utilizem crianças de várias etnias e portes físicos nos comerciais

As crianças gostam de coisas coloridas, seja criativo
Há muitas maneiras divertidas de atingir as crianças.

Faça uma revisão do marketing para garantir que você não está enviando uma mensagem negativa ou com interpretação questionável; muitos produtos e comerciais foram retirados de circulação, devido esses erros.

Autor: Claudio Raza: consultor c.raza@terra.com.br

Tags:

*Postado Por: Claudio Raza

2 Responses to “O consumidor infantil e o marketing”

  1. Thanks a ton for the good writeup. Mind you, exactly how could all of us talk?

    janeiro 16, 2012 at 3:47 pm Responder
  2. Woh I love your articles , saved to bookmarks ! Ill make sure to put this in good use! Tweeted for the nice site

    abril 27, 2012 at 1:27 pm Responder

Comentários, Dúvidas e Sugestões